Se eleito, Jovair diz que pautará reforma política e anistia ao caixa 2

489

https:\/\/mantenagora.com.br

O deputado Jovair Arantes (GO), que na última semana anunciou sua candidatura à presidência da Câmara dos Deputados, disse que, se eleito, buscará “o direito dos deputados”, referindo às investigações da Operação Lava Jato.

“Se eu for presidente e mexer com alguém daqui injustamente, vai mexer comigo. Como presidente da Casa, não permitirei”, disse o candidato do PTB.

Líder do PTB há dez anos, ele também afirmou à Folha de S. Paulo que pautará a votação do projeto que prevê anistia ao crime de caixa dois.

“A Casa tem que funcionar num colegiado. Tudo o que for necessário votar para estabelecer a transparência junto da sociedade brasileira será votado. Seja ácido ou seja doce. Temos que votar.”

O deputado também comentou o cenário pré-eleição na Casa e apontou interferências do Planalto a favor da reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ). Maia é o atual presidente e ocupa o cargo desde a cassação de Eduardo Cunha.

“No momento em que o presidente da República diz que não vai interferir, que não aceita interferência, e no outro dia tem uma reunião do possível candidato Rodrigo Maia no Recife e vão ministros que não são do partido dele, acho que há uma interferência.”

Sobre a votação de reformas polêmicas, a exemplo da reforma da Previdência, ele defendeu a discussão. “Vamos botar para votar, para discutir. Todo projeto chega aqui como uma joia bruta. Você tem que lapidar. É preciso discutir de uma forma efetiva para amaciar a votação em plenário.”