Atenção! Mais um caso de entregador de lanches envolvido em acidente em Mantena. ConfirAgora!

3349

 https:\/\/mantenagora.com.brNo início da noite desta quinta feira 15/06, por volta das 18:00 horas, mais uma vez nos chega a informação de que um entregador de lanches estaria em alta velocidade, e por esse motivo não conseguiu controlar a motocicleta batendo do lado de um veículo que transitava pela avenida Benedito Valadares, no centro de Mantena.

https:\/\/mantenagora.com.br

O entregador de lanches seguia pela rua Benedito Valadares, ao entrar na rua Prefeito Anastácio percebeu a presença de um veículo que transitava pela avenida, quando então não conseguiu desviar a tempo de evitar a batida por conta do veículo ter ficado em sua rota de colisão.

De acordo com informações, o motociclista/entregador não é habilitado, sequer teria a permissão para dirigir.

A Polícia Militar foi acionada e já está no local atendendo a ocorrência.
Vale frisar que desta vez o motociclista não se feriu gravemente, tendo leves escoriações, assim como também não teve ferimentos o motorista do carro, no entanto, é importante frisar mais uma vez, sobre a velocidade que entregadores têm pilotado motocicletas pelas ruas e avenidas de Mantena.

https:\/\/mantenagora.com.br

Um verdadeiro perigo de vida para pedestres e demais motoristas. Já está na hora de uma coscientização por parte dos proprietários de lanchonetes e estabelecimentos deste tipo, para que quando se faça a contratação dos entregadores seja feita a devida orientação para que casos assim parem de ser tão rotineiros em Mantena. Existe caso de morte por acidente envolvendo entregador de lanches em Mantena.

Não estamos dizendo que neste caso o entregador ou o motorista do veículo estejam certos ou errados, mas desde o momento que não possui CNH o entregador de forma alguma deveria estar pilotando uma motocicleta. Quanto mais trabalhando como entregador.

Não iremos divulgar o estabelecimento comercial informado pelo entregador, primeiro por não ter entrado em contato com o proprietário do estabelecimento, e segundo para que estes tenham consciência e tomem providências.

Atenção autoridades! Atenção população!